Arquivo de etiquetas: Douro Vinhateiro

A Natureza e o trabalho do homem

É talvez o percurso que atravessa uma região única no mundo. O que iremos ver não existe em mais nenhum lugar.
Surpreenderá a todos o trabalho do homem no cultivo e preparação dos locais onde um dos mais famosos vinhos é produzido.
A natureza foi modificada pelo homem de uma forma criando um paisagem espetacular. Os enormes montes estão todos cultivados em socalcos com vinha e olivais.
O Douro sempre a serpentear no fundo vale completa com majestade todo o cenário.
Visitaremos duas zonas distintas O Douro Internacional com as suas escarpas abruptas e o Douro Vinhateiro com os seus vinhedos.
Os locais são pouco habitados mas os trabalhadores agrícolas estão sempre presentes. Raramente nos sentiremos sozinhos.
Nota-se o contraste entre as aldeias modestas e as casas senhorias das grandes quintas.
O percurso é uns constante sobe e desce cruzando os vales dos afluentes do Douro. As vistas surpreendem-nos a cada curva do caminho.
Quem se atrever a fazer este desafio ficará com imagens guardadas na memória que não esquecerá e claro irá saborear na sua origem um dos melhores vinhos do mundo.

Pode ver mais sobre esta experiência em: www.travelja.net

Uma viagem pelo passado

Este percurso na zona interior de Portugal é uma viagem no tempo. Andaremos por locais remotos, esquecidos no tempo.
O início do percurso em Vila Nova de Foz Coa dá-nos uma pequena amostra da paisagem do Douro Vinhateiro. As tão características vinhas em socalcos são uma demonstração da determinação do homem. A paisagem é lindíssima e muito montanhosa.
Entramos depois na zona do Planalto Raiano. As fortificações onde se desenvolveram as ancestrais localidades convidam a uma viagem a tempos antigos. Se umas estão recuperadas onde parece só faltar os habitantes outras estão em ruínas e têm um encanto diferente mas não menos marcante.
É uma zona pouco habitada com uma população envelhecida. As estradas não têm trânsito e surpreendem pela tranquilidade que permitem. A conjugação da belíssima e pitoresca envolvente com o isolamento e a solidão da região dão largas à nossa imaginação transportando-nos para tempos antigos.
A aproximação à Serra da Estrela coloca-nos em contacto com a civilização. Iremos passar no vale do Rio Zêzere e na localidade de Manteigas. Aqui será a natureza que nos deslumbra com cores e cenários de uma das mas belas localidades de montanha.
Os castelos, a maior serra de Portugal, o isolamento, a tranquilidade e a envolvente paisagística natural compõem um percurso variado e com muitos motivos de interesse.
O explorar de uma aldeia, passear pelo bosques verdejantes, mergulhar num rio de águas cristalinas serão algumas das recordações que irão perdurar na memória.

Pode ver mais sobre esta experiência em: http://www.travelja.net/pt/viagem-portugal-beira-interior-arte-rupestre-aldeias-historicas-e-serra-da-estrela–com-guia-32.html